Qual o tipo de Panela é o ideal para cozinhar?


Você sabia que existem diferentes tipos de panelas? E cada panela é indicado para um certo preparo, pois os componentes utilizados na fabricação podem interferir com os alimentos? Vamos conferir os prós e contras das principais panelas encontradas no mercado.


Panela de Alumínio:


Por ser as panelas com o preço mais acessível, a panela de alumínio é facilmente encontrada nas cozinhas brasileiras. Como benefícios além do preço acessível, elas aquecem rápido e possuem fácil manipulação.

Como desvantagens pode-se falar: do alimento se esfriar rapidamente na panela e no decorrer da vida útil da panela de alumínio ela fica escura e manchada.

Toda vida, seu uso deve ser feito com cuidado, pois o alumínio pode ser transferido da panela para os alimentos, principalmente quando elas são novas e o excesso de alumínio pode ser prejudicial à saúde.

Para diminuir a transferência do alumínio para os alimentos evite utilizar a panela para fritar, pois altas temperaturas facilitam o processo e alimentos ácidos como tomates ou ricos em enxofre como o espinafre.


Panela de Ferro:

Diferente da panela de alumínio, a panela de ferro quanto mais velha, melhor. Pois, ela possui boa durabilidade e mantem o alimento quente por mais tempo.

Como desvantagens, ela é uma panela pesada, que precisa de cuidado ao manusear e cuidado na higienização e armazenamento, pois pode enferrujar.


Panela de Vidro:


Uma das panelas mais lindas. Além disso, aquece rápido o alimento e permite melhor visualização dos alimentos durante o processo de cocção.

Mas, ela é uma panela cara, pesada e extremamente frágil. É importante prestar atenção na hora que estiver cozinhando, pois ela é muito aderente o que pode resultar em comida queimada ou alimento grudado no fundo.


Panela de Inox:


A panela de inox apresenta um alto custo de compra, mas em contrapartida é fácil de higienizar e possui ótima durabilidade, mas para isso são necessários certos cuidados, como a utilização de utensílios de silicone já que é fácil de riscar.

Quando nova, libera níquel, cromo e ferro nas primeiras vezes de uso, portanto antes de usa-la pela primeira vez, ferva a água na panela e descarte. Repita esse processo três vezes para eliminar alguns resíduos e evitar que eles sejam transferidos para o alimento.

Panela de Cerâmica:


A panela de cerâmica é uma das mais bonitas e desejadas nas cozinhas. Pois, é antiaderente, fácil de higienizar e mantém o alimento quente. Apesar de demorar para esquentar, quando esquenta é bem rápida e eficiente.


Panela de Barro:


É a típica panela de comida caseira de fazenda, possui baixo custo, mantém o alimento aquecido por mais tempo, não passa nenhum componente químico para as preparações e ainda pode ser utilizada no forno.

A panela de barro é ideal para preparar alimentos com longa cocção e com muito líquido, no qual, também pode ser utilizada na hora de servir o prato, como por exemplo no preparo de moqueca.


Panela Antiaderente:


A panela antiaderente aquece rápido, não gruda o alimento e é barata.

O grande problema, é que o material antiaderente se solta da panela conforme o uso, principalmente quando é utilizado utensílios de alumínio, podendo promover a formação de substâncias cancerígenas.


Panela Esmaltada:


É ideal para deixar a cozinha colorida por conta das inúmeras opções de cores disponíveis. Além disso, ela é leve, fácil e aquece rápido.

O ponto negativo, é o alto custo.

E ai, já escolheu o seu tipo de panela favorito? Qual é? Conta para nós!

29 visualizações

Adesso|Escola de Gastronomia

e Negócios

Unidade 1: Av. Goiás, 180, São Caetano do Sul, São Paulo, SP 

Unidade 2: Rua Chamantá, 1051, Mooca, São Paulo, SP

Tel: (11) 2801-6949

WhattsApp: (11) 96322-7535

 

Contato

 

Siga nos na rede social:

 

  • Facebook Classic
  • Instagram